Orçamento da obra: como acertar na estimativa de gastos?

22 novembro 2019 / By admin

Fazer um bom orçamento da obra não é fácil. Dificilmente você irá conseguir acertar na mosca o valor de todas as despesas. Mas, iniciar uma construção ou reforma sem saber quanto vai gastar é loucura. Felizmente, com alguns cuidados e ajuda profissional você conseguirá estimar o valor que será gasto com bastante precisão. Assim a sua previsão de despesas pode chegar bem perto do valor que será efetivamente gasto.

Se você está começando agora, ainda não possui projetos e quer apenas ter uma estimativa grosseira do custo da obra, recomendamos que consulte o CUB (Custo Unitário Básico), calculado e divulgado mensalmente pelo Sinduscon no site https://sinduscon-fpolis.org.br/. O CUB estima o valor total da obra por metro quadrado, incluindo as despesas com mão de obra, materiais e taxas, baseado em projetos padrões estabelecidos pela NR12.721.

Agora, se você já tem todos os projetos, recomendamos que faça um orçamento analítico. Este tipo de orçamento é mais detalhado, aprofundado e feito sob medida para a sua obra. Por isso, a qualidade da estimativa de gastos é melhor. “Com este estudo, conseguimos fazer o orçamento real, incluindo mão de obra e materiais e podemos tomar decisões para otimização de projetos e desoneração da obra antes mesmo do início da execução”, destaca o engenheiro Marco Galvão, da SOS Casa.

Para elaboração do orçamento analítico é importante contar com orientação profissional. A SOS Casa conta com arquitetos e engenheiros para a elaboração dos projetos arquitetônico, elétrico, hidráulico, estrutural e complementares, além de estudo de viabilidade financeira e cronograma físico financeiro. Portanto, não hesite em procurar ajuda, isso fará toda a diferença para o sucesso da sua obra.